Marketing de Conteúdo
Marketing de Conteúdo como estratégia do Marketing Digital
março 17, 2021
Estratégia de Marketing nas Redes Sociais
Estratégia de Marketing nas Redes Sociais
abril 2, 2021

ESTRATÉGIAS DE MARKETING NAS FERRAMENTAS DE BUSCA (SEO e SEM)

Ferramenta de busca como o google Ads, bing e outros, como gerar anúncios

Como você já deve saber, Marketing Digital é um mundo recheado de estratégias e ações que alavancam a expansão do seu negócio e facilitam a obtenção de visibilidade da sua marca.

Neste artigo você vai conhecer a estratégia Marketing de Busca SEM (Search Engine Marketing) que tem como objeto as ferramentas de busca da internet através de links patrocinados. Mas, antes de aprofundarmos no assunto SEM, vamos entender qual a diferença entre as duas ferramentas de busca, a SEM e a SEO (Search Engine Optimization).

SEO X SEM, qual a diferença?

Como vimos, tanto o SEO quanto o SEM são estratégias utilizadas pelo marketing nas ferramentas de busca para gerar visibilidade e, consequentemente, atrair potenciais clientes que geram vendas. Mas qual é a diferença entre as duas?

 

SEO

Por um lado, a SEO é o conjunto de estratégias de busca orgânica que tem como objetivo melhorar e potencializar o posicionamento nos resultados de busca online ao focar na produção de conteúdo, otimização onpage, estudo de palavras-chave, e de criação de meta-description, por exemplo.

Resumindo, essa é uma estratégia gratuita e mais complexa para ganhar visibilidade, pois depende totalmente da qualidade do conteúdo e do site.

 

SEM

Por outro lado, a ferramenta SEM visa ganhar esse destaque através de anúncios pagos por cada clique, fazendo com que o posicionamento melhore nos resultados de busca. Ou seja, um valor é estabelecido e pago pelo próprio anunciante a cada clique do internauta no link do seu anúncio, enquanto ele (anunciante) ganha destaque nos demais sites.

 

SEM – Quais são seus objetivos, quando e como utilizá-la?

Primeiramente, é notório que a SEM tem como alvo atingir, mais facilmente e de imediato, suas metas. Além disso, seu objetivo é monitorar os resultados de suas ações dentro dos mecanismos de busca por meio de ferramentas como o Google Ads que você ainda vai conferir neste artigo.

Depois, é preciso saber que a ferramenta SEM é uma ótima opção quando combinada com técnicas de SEO.  Dessa maneira, é importante aliar as ações de SEM com as de SEO para garantir um destaque fácil, rápido e duradouro, enquanto as chances de obter um bom ranqueamento (visibilidade) nos resultados de buscas também aumentarão.

Portanto, o que devo procurar para conseguir criar um bom anúncio?

  • Estude quais palavras-chave são mais utilizadas pelos seus potenciais clientes, criando e entendendo sua persona.
  • Pesquise qual é o melhor canal de SEM para a sua campanha: Google, YouTube, Yahoo, Bing, Pinterest.
  • Faça uma estimativa do orçamento médio que você está disposto a pagar mensalmente.
  • Acompanhe o desempenho de suas ações como a escolha de palavras-chave e meta-descrição e o retorno de investimento.
  • Utilize precisamente as configurações disponíveis criando uma campanha concisa e atrativa para o seu cliente.
  • Produza conteúdo relevante e valioso ao seu mercado-alvo.

 

Vantagens e desvantagens do SEM

Vantagens: Se você procura por exposição imediata, com um orçamento escolhido por você e que aumente o número do tráfego rapidamente, a ferramenta SEM vai facilmente atrair essa meta ao seu negócio.

Ademais, um bom uso dos mecanismos de SEM combinados com os de SEO se tornará uma estratégia barata e eficaz. Isso porque quanto maior a qualidade do seu anúncio, melhor será a posição dele nos resultados de busca, e menos investimento monetário será preciso.

Fora isso, as chances de aumento do número de conversão e de acessos ao seu site por potenciais clientes serão muito maiores, uma vez que sua campanha aparece entre os primeiros resultados.

 

Desvantagens: Uma delas é que seus anúncios deixam de ser exibidos a partir do momento em que você interrompe as campanhas de SEM. A partir disso, seu site dificilmente será encontrado, ou seja, cai a visibilidade se não tiver qualidade e relevância.

E, ao considerar a qualidade do anúncio, temos que, quanto menor for essa qualidade, maior serão os gastos necessários para subir seu site no ranking de pesquisas.

 

Google Adwords como ferramenta de SEM

Mais conhecida como Google Ads, é a plataforma publicitária do Google. Por meio dela, diversos modelos de anúncios podem ser criados para exposição em várias áreas da internet.

Logo, é feito o cadastro do seu site e, assim, a criação da sua campanha com a escolha de palavras-chave, canal onde será exposto, e rede de anúncio.

Alguns exemplos:

  • Rede de Pesquisa: audiência adquirida através de ferramentas de busca como o Google, Bing e etc.. Por meio destas ferramentas, usando palavras-chave relacionadas à sua pesquisa, o usuário encontrará o que procura pela lista de resultados de pesquisa (SERP), onde os anúncios também serão expostos.
  • Rede de Display: são campanhas do Ads que exibem anúncios de vídeos, textos, e gráficos. É como uma propaganda de determinado produto ou serviço dentro de um site, ou como um anúncio de YouTube, por exemplo.

 

Métricas do Google Ads

Criar anúncios pode parecer fácil, mas criar um bom anúncio, monitorá-lo e atingir as metas de cada segmento exige maior conhecimento. Confira algumas métricas do Google Ads que estão aí para auxiliar o anunciante a melhorar suas campanhas e a alcançar seus objetivos.

CPC

Conforme já foi revelado anteriormente, o anunciante determina o valor que está disposto a pagar por cada clique que for dado em seu link.

Portanto, o Custo por Clique (CPC) é a média do valor gasto por um período. Assim, com essa métrica, é possível avaliar o retorno do investimento e observar se está dentro do seu orçamento.

Impressões

As impressões são a quantidade de visualizações que sua campanha teve. Esse assunto foi procurado por alguém? As palavras-chave foram escolhidas corretamente e estão dando audiência? Com essa métrica, você consegue responder a essas perguntas, e fazer as mudanças necessárias para potencializar seu anúncio.

CTR

Por sua vez, a taxa de cliques (CTR) indica o percentual de pessoas que clicaram em sua campanha depois de visualizá-la. Exemplificando: se 10 pessoas clicaram no seu anúncio enquanto 100 pessoas visualizaram, seu CTR é de 10%. Por meio destes dados, é possível avaliar o desempenho e o nível de relevância e de atração do seu anúncio, ou seja, se ele chama ou não a atenção do seu público-alvo.

 

Conclusão

Neste artigo você aprendeu sobre as ferramentas de busca do Marketing Digital e como aplicá-las ao seu negócio. Então coloque em prática, o quanto antes, estas técnicas de SEM e SEO, pois dessa forma, você verá seu negócio expandir com grande sucesso.

Deseja receber novidades mensais? Inscreva-se abaixo.

Atendimento via WhatsApp